Reeducação alimentar pode mudar sua vida

Você já deve ter ouvido falar que a melhor forma para perder peso é por meio da reeducação alimentar.

Já deve ter ouvido também que dietas funcionam apenas no curto prazo e que as dietas restritivas são as piores.

Já deve ter ouvido também que o emagrecimento saudável e duradouro deve ser feito com acompanhamento médico.

Reeducação-alimentar-1
Reeducação-alimentar-1

Se você vive travando uma batalha com a balança certamente deve ter ouvido estes e outros conselhos sobre a melhor maneira de perder peso. Já deve ter também seguido inúmeras dietas e receitas detox.

Mas afinal a reeducação alimentar é de fato a melhor opção? E como fazê-la?

Assim que decidir que é hora de emagrecer marque uma consulta com um nutricionista especializado em processos de reeducação alimentar.

Explicaremos na prática como a reeducação alimentar funciona, mas para que você consiga entrar de cabeça em um processo de reeducação você precisará de acompanhamento de um profissional habilitado e de sua confiança. As informações aqui são meramente elucidativas.

 

Reeducação alimentar no que consiste?

A reeducação alimentar é a melhor forma de emagrecer de maneira saudável e duradoura.

A reeducação alimentar consiste em reeducar o nosso corpo e consequentemente o nosso paladar a se alimentar com escolhas mais assertivas. Deixando de escolher alimentos altamente calóricos e nutricionalmente pobres para fazer escolhas melhores e mais nutritivas.

Com a reeducação alimentar o indivíduo não corta a ingestão de nenhum alimento, pelo contrário, aprende a comer um pouco de tudo. Desta forma, não corre o risco de voltar a engordar quando sair da dieta, isso porque você não está de dieta, mas sim está reeducando o seu corpo a comer.

 

Como a reeducação alimentar é feita

Dificilmente você não gosta de chocolate, sorvete, ou inúmeros outros pratos deliciosos, mas com a reeducação alimentar você ensina o seu corpo, o seu paladar a gostar também de alimentos mais saudáveis.

Com a reeducação alimentar proposta por um profissional habilitado, você descobre novos sabores e com o tempo.

Deixando progressivamente o consumo de alimentos industrializados a sentir prazer e a gostar do sabor dos produtos naturais que não recebem os aromatizantes e os chamados sabores artificiais. Progressivamente você tende a reeducar o seu paladar.

Veja, se um determinado alimento não agrada o seu paladar tente prepará-lo de várias formas diferentes. Cozido, refogado, assado, evite apenas as frituras.

Mas deixe a sua criatividade dominar. Invista em variáveis até que este gosto não seja mais tão incomodo. Uma opção é utilizar condimentos que você gosta para dar ainda mais sabor.

Reeducação-alimentar-2
Reeducação-alimentar-2

O emagrecimento por meio da reeducação alimentar

Emagrecer por meio da reeducação alimentar é a melhor e mais saudável forma para eliminar os indesejáveis quilinhos a mais. Vale aqui ressaltar que o emagrecimento por meio da reeducação alimentar pode demorar mais do que a adoção de dietas mais restritivas por exemplo.

Entretanto, com a reeducação você diminui e muito as chances de sofrer com o efeito sanfona, voltar a emagrecer após abandonar a dieta.

O tempo para reeducar o seu paladar e o seu organismo varia de indivíduo para indivíduo, mas ao adotar o seu novo plano alimentar prescrito por um nutricionista é esperado que seguindo fielmente dia após dia as recomendações em até três semanas é esperado que seu corpo esteja reeducado.

Este período pode ser maior ou menor a depender de cada um, mas o tempo médio costuma ser de vinte e um dias.

 

Erros comuns

Um dos erros mais comuns que normalmente são cometidos nos primeiros dias do processo de reeducação alimentar é o apego as calorias.

Reeducação-alimentar-3
Reeducação-alimentar-3

 

Um alimento não deve ser medido apenas pelas calorias que apresenta, por isso não se apegue tanto as calorias dos alimentos que está consumindo, confie no nutricionista que escolheu para elaborar o seu plano alimentar.

Este apego as calorias que cada alimento possui é uma característica de quem vive fazendo dietas. Isso porque normalmente o princípio básico das dietas é justamente o corte das calorias que se está ingerindo.

Quando você passa por um processo de reeducação alimentar as calorias do alimento não importam, até importam, mas é mensurado também os benefícios que o consumo deste alimento trará para o nosso corpo.

Um exemplo disso são as oleaginosas. Aparentemente são altamente calóricos, mas o seu “custo beneficio” vale a pena pelos nutrientes que apresenta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *